Quinta da Indicação!
Postado em 30 de julho | Por Letícia Black Comentários

Toda quinta, vou tentar indicar histórias que eu li e gosto ou histórias minhas antigas para vocês poderem matar a ansiedade, enquanto não chega a att! Não sei se vou conseguir todos as semanas porque o negócio aqui tá sinistro, mas sempre que der, o farei!

34666340-176-k643025Hoje, tô passando pra indicar a história de uma leitora muito querida e amiga, Jéssica Izabel​.

Amarelo Neon conta a história de Zöe, uma menina que está há anos presa na mais completa escuridão, exceto pelos pratos de comida brilhantes em amarelo neon que se apagam depois de determinado tempo. Zöe está em cativeiro para se transformar em uma boneca humana.

Informação e adendo: para quem não conhece, a deepweb oferece certos… “serviços” não muito convencionais. Os DollMakers são “empresas” que sequestram ou roubam meninas para vendê-las como bonecas humanas. Suas fotos ficam em um catálogo e, assim que escolhidas, elas são preparadas. Seus membros são cortados, língua cortada. A criança não tem como se mexer, falar, fazer suas necessidades, comer ou qualquer outra coisa. Após as “alterações” feitas, elas são entregue aos seus donos e sua expectativa de vida é de um ano, um pouco mais ou um pouco menos. Quem quiser saber mais sobre o assunto, pode pesquisar “bonecas humanas da deepweb” ou “dollmakers”. Só recomendo que NÃO ENTREM na deepweb. Ok? Então vamos continuar.

Em cativeiro, Zoe não sabe porque está ali, mas ela consegue fugir e descobre toda essa trama que a esperava e tem que lidar com isso.

Confesso que ainda não consegui ler tudo, mas quando a Jéssica me mandou, eu me apaixonei pela história logo de cara. Lembro de ler o primeiro trecho que ela me mandou e ficar usando pontos de exclamação seguidos. Você consegue sentir a tensão na escrita dela, sentir o medo e ficar sem saber o que fazer.

Amarelo Neon está super recomendada pra vocês e espero que vocês possam ler e se apaixonar como eu.

Link para ler: https://www.wattpad.com/110203023-amarelo-neon-1ª-parte-prólogo

Ps1: Acho que a Jéssica não sabe, mas parte de ter escolhido Goias para ser o ambiente de Jogando os Dados foi por conta dela. Talles, inclusive, nasceu em Rio Verde. Se minha memória não estiver muito ruim, é a sua cidade, né, Jéssica?

Ps2: Espero não ter dito nada errado, Jess. Eu não li tudo ainda, só o comecinho. Mas se tiver algo errado, comenta aqui me corrigindo.

Ps3: Quem leu e quem se interessou e vai ler: comenta, gente!

Beijos rosados :*


Sobre o Autor

Letícia Black tem 25 anos e é natural do Rio de Janeiro. Viciada em livros e séries, escreve histórias desde cedo e se diverte muito com elas. Sonserina, Judd, Lannister, tributa, erudita, gleek ou simplesmente Leka. Autora orgulhosa dos livros Contos de Uma Fada e Garota de Domingo.



Nenhum comentário em “Quinta da Indicação!”